Você compartilha tudo o que vê?

compartilhamento_blog_do_nandico

Definitivamente a internet (e mais especificamente as redes sociais) já foi um lugar mais agradável para navegar. A impressão que tenho é que existe um grupo de pessoas dispostas a verbalizar/difundir tudo aquilo que não tem coragem nas suas vidas cotidianas.
Não é de hoje que tenho náuseas de quem compartilha algo sem ter certeza, sem verificar a fonte, sem saber se a informação é real. Isso pra não dizer sobre os compartilhamentos de fotos com criancinha em tratamento contra o câncer ou animal sendo espancado. A intenção pode até ser louvável, o fato é que a atitude muitas vezes acaba desencadeando o ódio e intolerância das pessoas.
E quando a gente acha que a coisa não pode piorar, as pessoas conseguem compartilhar, publicar, enviar por whatsapp imagens e vídeo do corpo/exumação do Cristiano Araújo. Daí eu me pergunto: será que existe mais algum nível pra gente “descer”? Será que se tais fotos e vídeos fosse da mãe, esposa ou filho de quem compartilha, as pessoas teriam tamanha frieza em divulgar?
Até entendo a curiosidade de muita gente em saber ou ver determinados tipos de conteúdo, porém, é preciso saber a consequência e seriedade da publicação dos mesmos. Não compartilho, não repasso e não divulgo imagens contendo violência, agressão. mutilação ou qualquer coisa do gênero. É uma questão de princípios que vão muito além de justiça, trata-se de respeito pela vida alheia.

 

Querido Pastor…

Aqui quem fala é Jesus. Não costumo falar assim, diretamente -mas é que você não tem entendido minhas indiretas. Imagino que já tenha ouvido falar em mim -já que se intitula cristão. Durante um tempo achei que falasse de outro Jesus -talvez do DJ que namorava a Madonna- ou de outro Cristo -aquele que embrulha prédios pra presente- já que nunca recebi um centavo do dinheiro que você coleta em meu nome (nem quero receber, muito obrigado). Às vezes parece que você não me conhece.

Caso queira me conhecer mais, saiu uma biografia bem bacana a meu respeito. Chama-se Bíblia. Já está à venda nas melhores casas do ramo. Sei que você não gosta muito de ler, então pode pular todo o Velho Testamento. Só apareço na segunda temporada.

Se você ler direitinho vai perceber, pastor-deputado, que eu sou de esquerda. Tem uma hora do livro em que isso fica bastante claro (atenção: SPOILER), quando um jovem rico quer ser meu amigo. Digo que, para se juntar a mim, ele tem que doar tudo para os pobres. “É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus”.

Analisando a sua conta bancária, percebo que o senhor talvez não esteja familiarizado com um camelo ou com o buraco de uma agulha. Vou esclarecer a metáfora. Um camelo é 3.000 vezes maior do que o buraco de uma agulha. Sou mais socialista que Marx, Engels e Bakunin -esse bando de esquerda-caviar. Sou da esquerda-roots, esquerda-pé-no-chão, esquerda-mujica. Distribuo pão e multiplico peixe -só depois é que ensino a pescar.
Se não quiser ler o livro, não tem problema. Basta olhar as imagens. Passei a vida descalço, pastor. Nunca fiz a barba. Eu abraçava leproso. E na época não existia álcool gel.

Fui crucificado com ladrões e disse, com todas as letras (Mateus, Lucas, todos estão de prova), que elestambém iriam para o paraíso. Você acha mesmo que eu seria a favor da redução da maioridade penal?

Soube que vocês estão me esperando voltar à terra. Más notícias, pastor. Já voltei algumas vezes. Vocês é que não perceberam. Na Idade Média, voltei prostituta e cristãos me queimaram. Depois voltei negro e fui escravizado -os mesmos cristãos afirmavam que eu não tinha alma. Recentemente voltei transexual e morri espancado. Peço, por favor, que preste mais atenção à sua volta. Uma dica: olha para baixo. Agora mesmo, devo estar apanhando -de gente que segue o senhor.

(Via: Gregorio Duvivier – Folha)

Nivea Viva Tim Maia – Fortaleza #EuFui

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Ontem teve show da turnê “Nívea Viva Tim Maia” aqui em Fortaleza. Eu como não sou bobo resolvi conferir e posso afirmar que me surpreendi em todos os sentidos. Ivete Sangalo e Mc Criolo dividem palco e músicas do vasto trabalho do Tim. Confesso que pensei encontrar uma apresentação monótona (ok! Julgamento precipitado meu), mas foi justamente o contrário.

Tudo foi incrivelmente surpreendente. Cenário grandioso (alguém me explica o que era aquele painel de led gigante muito bem ilustrado com aquelas projeções? <3), público super sossegado, não presenciei nenhuma briga ou confusão, e a apresentação então dispensa comentários… Gravei alguns vídeos (se é que dá para chamar de vídeo huehueheu) de algumas partes do show.

A turnê ainda percorrerá as cidades de Brasília (14/06), Rio De Janeiro (21/06), São Paulo (28/06),  Salvador (A Confirmar). Vale muito a pena comparecer às apresentações. ;)