Aniversário do Aviões em Recife #EuFui

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Começo de semana cheio de expectativas e eu aqui todo melancólico, bem pudera, depois de um final de semana repleto de momentos inesquecíveis hoje não tinha como não bater aquela saudade. Sexta (16), @claudianocidade e partimos rumo a Recife, cidade escolhida para comemorar o aniversário de 13 anos da banda @oficialavioes. Mal sabíamos o quanto o final de semana seria inesquecível.

IMG-20151019-WA0050

A viagem foi rápida e tranquila, a nossa espera estava Pedro e Pry, na casa que apelidamos carinhosamente de #BBB13Anos haha. Logo quem chegou para formar o bond foi a Agatha (que conseguiu antecipar a passagem). Pra não perder tempo curtimos uma baladinha na boata Villa Arena, com animação de Samyra Show. E que show, hein!? Casa lotada e a festa super animada. Já no sábado pela manhã escolhemos um parque próximo ao lugar onde nos hospedamos e rolou aquele tradicional #EncontroDeFãs. Reencontrar amigos de tantas partes do país é algo gratificante, foram tantas histórias, tantas risadas e momentos de interação…

encontro_de_fãs_blog_do_nandico

descontração_blog_do_nandico

Alguém me explica o que o Pedro estava vendo nesse leite ninho? rs

Sem perder tempo resolvemos todas as pendencias (almoço, banho, taxi…) e #PartiuCaxangá pra curtir a festa esperada por tantos meses. O que não esperávamos é que a chuva nos faria companhia boa parte da noite, o que não deixaria de ser apenas um detalhe já que a animação era proporcional a cada gota que caia. A estrutura do evento estava impecável, tudo muito bonito e convidativo para uma noite de celebração.

Palco_aviões13anos_blog_do_nandico

galera_blog_do_nandico

avioestrezeanos_blogdonandico

Foram praticamente quatro horas de muito forró. Desde as músicas mais antigas e consagradas no coração dos aviãozeiros até os lançamentos que não deixam ninguém sem dançar. Ao final do show ainda estávamos com gosto de quero mais, o problema é que o cansaço nos obrigava a ir pra casa descansar. Repostas as energias era hora de deixar o #BBB (que triste, já pode dizer que morri nessa hora?), e encontrar os amigos Fernando e Larissa pra curtir a noite de Recife.

Só me resta dizer uma coisa: Que cidade Maravilhooooooosa! Todas as vezes que fui a Recife sempre foi a trabalho, desta vez aproveitei pra passear e ver algumas coisas legais. De cara me deparo com diversos blocos de maracatu e uma banda tocando frevo no “Marco Zero”. Me surpreendi com o enorme grupo de pessoas dançando coletivamente. Acho que raríssimos lugares do país tem uma vibração de cultura e tradição popular tão marcante quanto a capital pernambucana. Aproveitamos a oportunidade pra curtir, tirar fotos, comer e ainda de quebra tomar uma cervejinha no ‘Forró do 1 real’, um lugar simples porém muito aconchegante, onde a gente se senta em mesas dispostas no meio da rua.

diano_blog_do_nandico

maracatu_blog_do_nandico

rua_recife_antigo_blog_do_nandico

Parafraseando a letra sertaneja: “O que temos pra hoje é saudade…”, foi bom demaaais, esperamos voltar em breve ;)

E se todo dia fosse dia das crianças!?

Estive realizando minhas tradicionais reflexões às vésperas do “dia das crianças” e me perguntei até que ponto, nós adultos, estamos sendo responsáveis (de fato) para com nossos pequeninos. Somos pais, tios, irmãos professores com o compromisso de transformar vidas, será que estamos cumprindo com nosso dever de maneira digna? Estamos verdadeiramente amando e protegendo nossos pimpolhos da melhor maneira possível!?

Atender as necessidades básicas (alimentação, saúde, educação e lazer) é o suficiente para a formação do caráter e edificação de uma vida? Hoje como adulto vejo que muito do que transpareço em minha personalidade é reflexo da minha infância, seja em pontos positivos e negativos. Descobri muito recentemente que ganharei um sobrinho biológico, e isso me despertou a consciência da seriedade e do peso que é cuidar de uma vida.

dia_das_crianças_blog_do_nandico

Tive a honra de me tornar tio há quase dois anos, é um sentimento incrivelmente bom, observar a pureza e a delicadeza de alguém tão frágil. Não questiono os motivos nem muito menos julgo, entretanto não consigo compreender as atrocidades que pais/mães cometem contra tantas e tantas vidas que sequer possuem a capacidade de se defender ou ter voz própria para pedir ajuda.

Peço imensamente a Deus que proteja a cada pequenina vida que muitas vezes por consequência do destino sofre com o abandono, com maus tratos, com a fome, violência física e psicológica. Que ele nos dê força, paciência, coragem, disciplina e amor o bastante para que enquanto adultos, usemos nossas forças para cuidar destas pequenas e indefesas criaturas!

#OutubroRosa – Na luta contra o câncer de mama

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Começoooou o mês de outubro (não, não vou pedir que ele traga coisas boas igual o povo do feice hueheue), dessa vez o papo é sério. Em outubro  começa a campanha mundial #OutubroRosa, que tem por objetivo conscientizar sobre a luta contra o câncer de mama, estimulando a participação da população, empresas e entidades nesta causa tão importante. O movimento teve início nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

 

Embora tenha sido produzido em 2014, achei esse vídeo fofo e didático a respeito do tema:

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. O câncer da mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção de câncer de mama em homens e mulheres é de 1:100 – ou seja, para cada 100 mulheres com câncer de mama, um homem terá a doença. No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade. (Fonte)

Prevenção:

Uma mulher que queira prevenir o câncer de mama deve, antes de qualquer coisa, ter um médico (ginecologista, mastologista, geriatra) de confiança com o qual possa discutir esta preocupação.

Com base na idade da paciente, no seu histórico familiar, e na presença e gravidade de outras doenças que ela possa ter, o médico pode propor estratégias diferentes de prevenção.

Em linhas gerais, a prevenção consiste em:

  • Exame clínico anual das mamas por um profissional de saúde.
  • Mamografia anual ou bianual, a partir dos 40 anos de idade (em mulheres com risco equivalente ao da população geral).

blod_do_nandico_outubro_rosa