Bem vindos a era do Digital InfluencerzZZzZzZZZzzZz

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Antes de qualquer reflexão que você faça acerca desse texto (não, eu não estou com recalque kkkk), gostaria de dizê-lo que meu coração está feliz, que desejo muuuuito sucesso para o meu semelhante, afinal acredito na lei de atração, então quanto mais coisas boas a gente emana, mais coisas boas a gente recebe em troca não é? Mas a pauta aqui é outra…

Estava ouvindo o comercial da Coca-Cola FM, onde uma promoção anunciava entusiasticamente que os ganhadores teriam direito a tirar fotos com vários influenciadores. Depois da febre das blogueiras de moda, me parece que assim como dengue e chikungunya (perdoem-me pela maldita comparação), se alastra pelo país o tal do vírus do “Digital Influencer“. Sim, realmente eu poderia listar pelo menos uma dezena de nomes conhecidos no ambiente digital (e fora dele) que possuem grande poder de persuasão e influencia sobre a grande massa.

page

Não sei se nos envergonhamos ou se sorrimos quando vemos a tal profissão (se é que dá pra chamar isso de profissão) na biografia de alguns perfis em redes sociais. O que me parece é que todo mundo resolver ser descoladinho, e com a ajuda do snapchat veio a febre de televisionar a própria vida, mostrar seus hábitos de consumo na tentativa de parecer celebridade da vida real. Miga, desculpa te informar, mas usar seu iphone (comprado em 36 parcelas) pra postar o que você come não te torna influenciadora de nada rs. Sua amiga tem menos seguidores que você mas é muito mais querida que você.

E a coisa piora de figura quando a gente se dá conta que este poder de influencia tem apenas um único objetivo: CONSUMO. Você precisa ter o cabelo da atriz, o iphone usado pelo jogador, o look postado pela blogueira, visitar aquele café badalado que a youtuber indicou… Já reparou que ninguém quer ser influenciador de coisas abstratas? Tipo, não vejo ninguém influenciando em respeitar o assento de idosos, não jogar lixo no chão, manter relacionamentos interpessoais saudáveis ou coisas desse gênero.

Por maiores que sejam os avanços tecnológicos ainda penso que estamos engatinhando em muitas coisas que precisam serem melhoradas. Então, na próxima vez que você tentar mostrar em foto ou vídeo de uma vídeo de uma vida que você aparenta (mas não tem), lembre que ser é muito mais prazeroso que ter. Influencie coisas boas, divulgue o bem, vale a pena!

“Nunca compre o que você não precisa, com o dinheiro que você não tem, pra mostrar pra quem você não gosta aquilo que você não é”

B_ZTIsCWYAAlAvA

Ah, o Fortal 2016… Pode pedir bis?

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Estou literalmente a-ca-ba-do depois deste Fortal. O cansaço é tamanho que mal sei o que escrever pra traduzir o quanto foi boa esta edição. Ivete pra variar além de esgotar a venda de abadás do bloco coruja conseguiu se superar em carisma, beleza e energia positiva. No final da segunda volta do circuito a gente já meio que parece um monte de zumbi, mas quem disse que consegue ficar parado? kkkkkkkk Ainda bem que faltam só 364 dias pro Fortal 2017.

2017

 

Por que as pessoas se sentem tão incomodadas com a homossexualidade?

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Sabe quando você se pega fazendo algo que já havia se prometido parar de fazer? Mas por teimosia mantém o hábito, e pratica aquilo repetidamente mesmo sabendo que não deve? (Calma crianças, não estou usando drogas rs). É exatamente essa a minha relação com o Facebook. Agora mesmo estava passeando pela timeline e me deparei com a seguinte imagem:

13645094_1000834823347680_8709901737031296165_n

Bom, quando se trata desta rede social onde lê-se “É a minha opinião” como argumentação em debate de ideias nada mais me assusta. Mas sabe que fica aquela perguntinha lá no cantinho superior esquerdo da mente: “Por que diabos as pessoas se incomodam tanto com assuntos relacionados a homossexualidade?” A polêmica toda surgiu após a novela ‘Liberdade, Liberdade’ exibir a primeira cena de sexo gay na tv aberta. O que me assusta é o fato de saber que os primeiros registros sobre a homossexualidade são datados de pelo menos 14.000 anos atrás, porém e só essa semana descobriram que dois homens (ou duas mulheres) podem fazer amor #IroniaModeOn.

tolentino-ricardo-pereira-observa-andre-caio-blat-dormir-em-liberdade-liberdade-1464746640989_615x470

Vejamos! Tem realmente muita coisa que não curto na televisão aberta. Uma delas é programa policial. Tenho um verdadeiro horror a esse tipo de atração, porém, meu controle remoto é roteador daquilo que quero (ou não quero) assistir em casa. Se eu não curto algo é muito, mas muuuito simples: mudo de canal. Mas daí a gente descobre que não tem haver com uma novela, e sim com um processo cultural e ideológico que renderia pauta pra um debate eterno.

O que não é eterna é a paciência pra tolerar gente chata. Já repararam que atualmente tudo se transformou em motivo para a família tradicional e parte da classe evangélica querer boicotar? Um dos alvos foi a empresa “O Boticário” que se viu no meio de uma polêmica ao veicular na TV um comercial no qual vários casais – incluindo casais gays – trocam presentes entre si, para o Dia dos Namorados. Logo em seguida veio Ana Paula Valadão usando sua #SantaIndignação e pedindo boicote à campanha publicitária da C&A que divulgou coleção sem distinção de gênero.

Sinceramente me dá sono essa queda de braço sem fim. Fico me perguntando o que acontecerá quando toda essa gente chata (e preocupada com o cú alheio) se der conta que respira o mesmo ar que milhares de gays respiram mundo afora. Vai ter boicote ao oxigênio também?

Ceará do Meu Orgulho – II Festival do Orgulho LGBT do Estado do Ceará

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Ontem no final da tarde rolou o Ceará do Meu Orgulho – II Festival do Orgulho LGBT do Estado do Ceará. O evento aconteceu na praça verde do Dragão do Mar. Confesso que ao chegar achei que não daria tanta gente, mas se liga no que a coisa se transformou <3

 

Confesso que achei tudo maravilhoso, sabe aquele lugar que você chega e sente o clima das pessoas confraternizando? Pois é. Foram várias apresentações, performances, shows, DJs e muita festa em celebração a luta e o movimento que nunca cessa em contrapor o amor ao ódio institucionalizado. E sabe qual a melhor parte de tudo? Além de estar entre amigos, conheci/encontrei meu amigo Rodrigo que mora em Curitiba. Se as pessoas bem soubessem usar a internet pra fazer amizade e conquistar coisas boas a gente se veria livre de tanto ódio, tanto julgamento e tanta bobagem na web.

20160703_185508
Mesmo com tantos imprevistos mais que valeu a pena te ver! hahaha

IMG-20160704-WA0034

Próximo elenco do BBB: Fred, Amanda, Claudiano, Edilene, Amigo da Edilene (rs), Rodrigo e eu.

Khloe, Enzo, eu e o tuíte do Padre Fábio de Melo

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Já faz algum tempo que acompanho o padre Fábio de Melo nas redes sociais. Não apenas por considerá-lo um padre a frente do seu tempo, mas por ser engraçado, antenado com o mundo digital e por vezes ser extremamente sarcástico sem que muitas vezes as pessoas percebam. Enfim… Ontem a tarde ele publicou através do snapchat que seu cachorro estava com problemas neurológicos.

Confesso que me solidarizei com o momento. Quem cria animais de estimação deve saber o quando a gente acaba apegado ao bichinho. Algum tempo atrás a Khloe Kardashian (minha pinscher KKKKKK) teve um problema de saúde, e por conta de convulsões que são bem típicas de sua raça, a veterinária orientou que a medicássemos com GARDENAL #Pasmem!

Daí que ao saber que o Enzo (cachorrinho do Padre Fábio estava com um problema parecido), despretensiosamente resolvi mencioná-lo no twitter, como forma de dizer que não é tão anormal este tipo de problemas em filhotes de algumas espécies.

Feito isto, abandonei o celular, fui jantar e aproveitar a sexta feira a noite. Horas mais ao pegar o telefone notei uma grande quantidade de menções em meu perfil. Achando curioso aquele acontecimento, fui descobrir pq tantas pessoas estavam me respondendo. O que eu não esperava era que o próprio padre tivesse visto o tuíte e respondendo publicamente me mencionando.


Fiquei feliz! Não apenas por ter sido respondido bem como por ver as pessoas se preocuparem com a saúde desses ‘serumaninhos’ que tanto alegram nossas vidas. Em uma época onde tudo vira ataque, julgamento e condenação nas redes sociais, ainda é possível encontrar gente boa e que torce pelo bem de pessoas e animais. <3