[PAPO SÉRIO] Ou Isto ou Aquilo

01

Sempre gostei muito de ler, desde quando ainda era muito pequeno. Minha referência de leitura espontânea é de quando estava na terceira série do ensino fundamental. Foi mais ou menos nesse período que me interessei por literatura e redação, é também desta época que me lembro de um texto da poetisa carioca Cecília Meireles:

ou isto

Perdi as contas de quantas vezes li esta poesia… Pois bem! Hoje a tarde enquanto passeava pelos stories de alguns amigos, vi uma publicação com a seguinte imagem:

Screenshot_20180508-163638

Não conheço detalhes da trajetória política do Ciro Gomes, o que sei sobre ele é o básico que as pessoas conversam em assuntos cotidianos relacionados à política. Imagino que ele deve ter seus méritos e suas conquistas, mas ainda que o conhecesse bem, não me vejo de maneira alguma obrigado a votar nele tão somente para me ver livre daquele candidato fascista, racista, misógino e homofóbico que as pessoas insistem em tratar como “Mito”.

Não, a vida não precisa seguir a poesia da Cecília, eu não quero me ver obrigado a escolher entre isto ou aquilo. É evidente que eu sei que haverão mais que meia dúzia de candidatos fazendo tudo o que for preciso para ocupar a cadeira da presidência nos próximos anos, isso inclui comer pastel na feira, apertar a mão de gente pobre, segurar criancinhas no colo e prometer céus e terras em troca de voto (promessas estas que nunca se cumprirão).

Essa dicotomia política em que vivemos não me agrada, nem um pouquinho. Enquanto estivermos nesta polarização que cada vez mais divide o país ao meio, nada mudará.
Isto ou aquilo? Me desculpem, mas por hoje é nem um e nem outro!

02