[PAPO SÉRIO] E quando a gente decide mudar, o que vem depois?

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Assim como a grande maioria dos terráqueos, estou sempre querendo o que é melhor para minha vida. Há algum tempo atrás achei que era preciso mudar, dar um novo sentido a minha vida, foi então que decidi voltar a praticar atividade física (uma vez que já joguei voltei, pratiquei dança de salão/jazz e musculação).

Na agitação do cotidiano e no embalo do coração descompensado a gente se deixa levar pela comilança e sedentarismo, nesse embalo cheguei aos meus cem quilos. De início vem o clichê dos amigos: “Ah Fernando, mas você é alto…”,  e eu até concordo, o que não muda muita coisa já que um elefante é alto ‘pacarai’ e não deixa de ser gordo. Não só por motivos estéticos mas por um melhor condicionamento voltei timidamente para a academia, indo um dia e faltando quatro (risos) até que consegui entrar no ritmo.

Blog_do_nandico

O primeiro grande desafio de quem quer entrar em forma é a persistência e força de vontade. Não adianta só querer emagrecer sem estar disposto a suar a camisa, ter uma rotina que nem sempre é agradável pois entre praticar atividade física (seja musculação, dança, caminhada ou pilates) e assistir um filme é sempre mais gostoso a segunda opção. O segundo eu diria que é se levar a sério. Não sou e nem tenho pretensão de ser nenhuma fonte de inspiração ou blogueiro fitness, mas me orgulho de muitas vezes acordar às cinco da manhã pra treinar. Do que adianta pagar academia e comprar suplemento pra se auto sabotar?

No geral a grande maioria das pessoas pensam que emagrecer é sinônimo de parar de comer. Muito pelo contrário, depois que decidi mudar foi aí que passei a comer mais, chegando a fazer cerca de sete alimentações por dia. Entretanto isso é um tanto trabalhoso, a começar pelo fato que ando sempre com uma bolsa térmica com comida. Além de comer bem é preciso saber o que não comer, daí entra o corte do açucar, sorvete, chocolate, bolo, refrigerante e outros e outros alimentos que não acrescentam em nada no meu cardápio (sim, eu sinto falta de alguns mas fazer o quê? rs).

Não digo que ao olhar para essa foto eu pense: “Nossa, como eu mudei, pareço outra pessoa” #ChavesFeelings. Mesmo sabendo que o caminho é longo e que ainda há muito a ser feito, tenho certeza que estou no rumo certo. Se eu estou arrependido? Sim, bastante… deveria ter começado muito antes! Não sou fiel defensor da tal ditadura da beleza, mas torço que meus amigos pratiquem atividade física e descubram o quanto é bom se olhar no espelho e se sentir bem com a própria imagem. 😉

Um comentário em “[PAPO SÉRIO] E quando a gente decide mudar, o que vem depois?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *