Holi – As curiosidades sobre o festival das cores na Índia

E aí, turma. Tudo bem com vocês?

Já faz algum tempo que tenho um carinho especial pela cultura indiana. Conheci coisas bem interessantes graças as matérias do grande Arthur Veríssimo. E agora, por conta da viagem (e residência temporária) do amigo Guilherme Paiva à Jaipur, tenho acompanhado através de seus posts no instagram a realidade impressionante de uma cultura tão diferente da que vivemos. Curiosamente estava procurando imagens para produzir alguns posts quando de repente aparece esta:

imagem 01(Créditos: Arun Sankar K./AP)

Logo então veio a ideia de ler e postar algo sobre o Holi (ou Festival das Cores), que é um festival realizado anualmente na Índia entre os meses de fevereiro e março, comemorando a chegada da Primavera. Durante o evento as pessoas atiram tintas das mais diversas cores umas às outras, acompanhado de muita bebida, comida e música. Essa brincadeira começa quando crianças atiram as tintas aos pais e irmãos sendo que, no final, todos estão completamente pintados e coloridos.

imagem 06(Imagem: Kevin Frayer/AP)

O evento também é realizado em outros países como: Suriname, Guiana, Trindade, Reino Unido, Ilhas Fiji e no Nepal. Em Bengala Ocidental da Índia e do Bangladesh, é conhecido como Dolyatra (Doljatra) ou Boshonto Utsav ( “Festa da Primavera”). O principal dia, Holi, também conhecido como Dhulheti, Dhulandi ou Dhulendi, é celebrado por pessoas que atiram água e pó colorido uns aos outros. As pessoas cumprimentam-se dizendo “Holi Hai”. Holi é comemorado no dia de lua cheia do mês de Phalugna ou Falguna (Phalgun Purnima), que geralmente cai na parte posterior de fevereiro ou março. Em 2009, Holi (Dhulandi) está em 11 março. Dahan Holika e está em 10 março.

Curiosidades

01 – Cores e primavera

imagem 05(Imagem: Kevin Frayer/AP)

Holi é um festival indiano antigo, originalmente chamado de Holika, e com início muitos séculos antes de Cristo. O evento marca a chegada da primavera e é celebrado no fim de fevereiro ou no início de março.

02 – Bem vence o mal

imagem 04(Imagem: Kevin Frayer/AP)

O festival homenageia o deus Krishna e teve início como uma festa do triunfo do bem sobre o mal. Também promove a renovação dos relacionamentos de todas as castas e classes sociais com música, dança e pó colorido jogado no ar.

03 – Lenda de Holika e Prahlad

imagem 03(Imagem: Kevin Frayer/AP)

O demônio-rei Hiranyakashyap exigiu que todos em seu reino o adorassem, mas seu filho Prahlad se tornou devoto de Vishnu. Irritado, Hiranyakashyap pediu que sua irmã Holika, imune ao fogo, pegasse Prahlad no colo e o queimasse. Como Holika estava usando seus poderes para o mal, o plano falhou e Prahlad ficou ileso, enquanto Holika foi devorada.

04 – Cinzas e doces

imagem 02(Imagem: Kevin Frayer/AP)

Em algumas partes da Índia efígies de Holika são queimadas e os hindus acreditam que essas cinzas trazem boa sorte. Depois dos folguedos e muitas cores pelo corpo as pessoas se arrumam para encontrar amigos e parentes e trocar doces.

BÔNUS

Vlog do canal “Destino Incomum” falando sobre o festival. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>