Sobre os últimos acontecimentos, a arte, a alma, os inquisidores…

Com a palavra, Marcia Tiburi , escritora e filósofa.

“Eu gostaria de sugerir que nesse momento em que o Brasil é levado à histeria política e ao caos, que as pessoas pudesem voltar a si e buscr uma abordagem mais razoável…

A postura que muitas pessoas vêm tendo em relação às artes não é apenas a falta de conhecimento. é uma postura antiética, imoral…

Arte é algo que faz bem, melhora a sensibilidade, a inteligência, agir no mundo.

O titulo (da obra) era “Pedofilia”. Qual foi o raciocínio que os deputados do Mato Grosso do SUL (que pediram o confisco de obra da exposição “Cadafalso”, da artista Alessandra Cunha, em Campo Grande) tiveram? Eles viram o título e, por indução, entenderam que a obra ERA pedofilia, que ao invés de QUESTIONAR, ela INCITAVA. Na verdade, se vocês virem a pintura, é até uma obra ingênua, que remete à solidão e o abandono da criança quando se encontra numa situação de abuso…

A imaginação doentia dos inquisidores do Século XV que descreviam relações sexuais entre bruxas e demônios (“Martelo das Feiticeiras” – tratado escrito por inquisidores da época), ofereceu fundamentos pra incriminar e matar pessoas inocentes, ou seja, o delírio de uns, prejudicou outros até a morte…

Os políticos e os “ativistas” querem aparecer e vêm conseguindo isso usando a velha tática da mistificação. O que é a mistificação? É a criação de uma verdade que em seu todo é falsa mas que move as emoções das pessoas em um nível impressionante. O apelo ao moralismo é, em geral, usado por pessoas e instituições sem ética alguma… Podemos fabricar mitos a qualquer hora, mas isso é errado do ponto de vista ético.
A liberdade é um alto valor de quer sociedade democrática…Arte é um assunto complexo como é a ciência, a religião, como é, até, o futebol…

A televisão vem vendendo opiniões baratas junto com movimentos que brincam com a nossa ingenuidade. Não sejamos os otários que compram ideias prontas só por que parecem baratas ou fáceis de digerir. Fiquemos atentos, a nossa alma vale muito e tem muita gente, desde sempre, tentando capturá-la…”

(Fonte: Jornalistas Livres)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>