De repente: pós graduação

E aí, turma. Tudo bem com vocês!?

Sabe aquela sensação de GRATIDÃO pelas pequenas/grandes conquistas da vida? Pois é… Tive um sábado pleno, daqueles que a gente entra em sensação de êxtase. Ainda durante minha infância, sempre gostei de ler em escrever. Lembro de quando o prof. André tomou meu livro “Anedotinhas do Bichinho da Maça” (muito provavelmente eu estava prestando mais atenção no livro do que na aula). Na adolescência por um longo período frequentei a biblioteca “Farol do Saber” (durante o período que morei na cidade de Caxias – MA). Nesta época me dei conta do quanto era apaixonado pela mitologia greco-romana.

Em diferentes momentos da minha história de vida, percebo que leitura e escrita sempre estiveram conectados aos meus hobbies e vida escolar. O que eu não esperava é que o que era prazer acabou se tornando profissão. A escolha de cursar Jornalismo aconteceu meio por acaso, até então uni o útil ao agradável (já que em 2011 comecei a trabalhar na @saltodigital e tornou-se conveniente agregar as atividades na área de assessoria de comunicação a este curso acadêmico).

O curso Comunicação Social veio e com ele a transformação dos meus conhecimentos. A desconstrução de alguns paradigmas e o aprendizado de centenas de informações ao longo do tempo. No entanto, conhecimento nunca é o bastante. Terminei o curso e as perspectivas de crescimento pessoal e profissional só aumentaram. Acabei percebendo que apenas a graduação era pouca coisa diante das minhas metas um tanto ousadas, o que me impulsionou a ingressar no curso de pós graduação.

Pode ser que pareça para algumas pessoas que este tipo de conquista não seja nada de sobrenatural, porém, uma enxurrada de recordações invadiram minha mente depois deste final de semana. Confesso que fujo de postura vitimista (porque além de consumir energia mental não leva ninguém a lugar algum), mas acabo lembrando de algumas situações bem difíceis, como por exemplo o fato de não ter sequer material escolar básico pra levar às aulas durante o período que cursei a sétima série.

Que bom que a fase de provações e dificuldade agora faz parte de um passado distante. Agora é fase de crescimento, de aprendizado. O meu futuro será marcado por realizações profissionais grandiosas e conquistas infinitas. Estou imerso nos últimos anos num estado mental de positividade que me leva a atitudes libertadoras, a conquistar tudo aquilo que desejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *