#OutubroRosa – Na luta contra o câncer de mama

E aí turma, tudo bem com vocês!?

Começoooou o mês de outubro (não, não vou pedir que ele traga coisas boas igual o povo do feice hueheue), dessa vez o papo é sério. Em outubro  começa a campanha mundial #OutubroRosa, que tem por objetivo conscientizar sobre a luta contra o câncer de mama, estimulando a participação da população, empresas e entidades nesta causa tão importante. O movimento teve início nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

 

Embora tenha sido produzido em 2014, achei esse vídeo fofo e didático a respeito do tema:

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. O câncer da mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção de câncer de mama em homens e mulheres é de 1:100 – ou seja, para cada 100 mulheres com câncer de mama, um homem terá a doença. No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade. (Fonte)

Prevenção:

Uma mulher que queira prevenir o câncer de mama deve, antes de qualquer coisa, ter um médico (ginecologista, mastologista, geriatra) de confiança com o qual possa discutir esta preocupação.

Com base na idade da paciente, no seu histórico familiar, e na presença e gravidade de outras doenças que ela possa ter, o médico pode propor estratégias diferentes de prevenção.

Em linhas gerais, a prevenção consiste em:

  • Exame clínico anual das mamas por um profissional de saúde.
  • Mamografia anual ou bianual, a partir dos 40 anos de idade (em mulheres com risco equivalente ao da população geral).

blod_do_nandico_outubro_rosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>