[PAPO SÉRIO] Ou Isto ou Aquilo

01

Sempre gostei muito de ler, desde quando ainda era muito pequeno. Minha referência de leitura espontânea é de quando estava na terceira série do ensino fundamental. Foi mais ou menos nesse período que me interessei por literatura e redação, é também desta época que me lembro de um texto da poetisa carioca Cecília Meireles:

ou isto

Perdi as contas de quantas vezes li esta poesia… Pois bem! Hoje a tarde enquanto passeava pelos stories de alguns amigos, vi uma publicação com a seguinte imagem:

Screenshot_20180508-163638

Não conheço detalhes da trajetória política do Ciro Gomes, o que sei sobre ele é o básico que as pessoas conversam em assuntos cotidianos relacionados à política. Imagino que ele deve ter seus méritos e suas conquistas, mas ainda que o conhecesse bem, não me vejo de maneira alguma obrigado a votar nele tão somente para me ver livre daquele candidato fascista, racista, misógino e homofóbico que as pessoas insistem em tratar como “Mito”.

Não, a vida não precisa seguir a poesia da Cecília, eu não quero me ver obrigado a escolher entre isto ou aquilo. É evidente que eu sei que haverão mais que meia dúzia de candidatos fazendo tudo o que for preciso para ocupar a cadeira da presidência nos próximos anos, isso inclui comer pastel na feira, apertar a mão de gente pobre, segurar criancinhas no colo e prometer céus e terras em troca de voto (promessas estas que nunca se cumprirão).

Essa dicotomia política em que vivemos não me agrada, nem um pouquinho. Enquanto estivermos nesta polarização que cada vez mais divide o país ao meio, nada mudará.
Isto ou aquilo? Me desculpem, mas por hoje é nem um e nem outro!

02

Entenda o meme da “Menina Debochada”

DbzR2P-XcAAYgDn

No final de 2017 o vídeo de uma garotinha bastante alienada comunicativa viralizou na web. Com voz entonada e ritmo bastante eloquente, ela se diz ‘bastante indignada com o nosso Brasil’, fazendo em seguida uma série de criticas aos costumes da atualidade, incluindo em sua fala referências bíblicas e críticas à relações homoafetivas. Confere aí:

Marcado pelo bordão: “NÃO ERA PRA SER DIFERENTE”, o vídeo foi compartilhado por centenas de usuários, se tornando meme imediatamente, além de alvo de elogios e críticas por conta do tema pra lá de polêmico. Devido a tamanha exposição, meses depois ela retornaria em um segundo vídeo (que deu origem a menina mais debochada dos últimos dias). Neste vídeo ela (a menina pastora) aparece pregando em uma praça pública, no entanto aos que prestarem atenção, quem realmente rouba a cena está ao fundo da imagem:

Com ar blasé e ao mesmo tempo sorrindo ironicamente da pregação com outra garota que se posicionou ao seu lado, a tal ‘menina debochada’ caiu no gosto dos usuários do Twitter (diga-se de passagem, a melhor rede social do mundo).

Bastou isso para que ela se tornasse um ícone, rainha de todos os memes dos últimos dias. Eu particularmente amei e sorri de todos, dá uma olhada:

Dbwk7ipU8AAuZcD DbwlB1AVAAIwnKt Db0A3KFVMAAK4fy Dbwk_NuW0AANyvB

 

31378787_1609052335883152_5488259987539500889_n

UPDATE

Essa imagem circulou nas redes sociais hoje (27) e a internet foi a loucura.

DbzOCenXUAs9_lg

10 Ideias para decorar seu espaço de trabalho

E aí, turma! Tudo bem com vocês!?

No geral é provável que você passe mais tempo do seu dia no trabalho, não é? Partindo desta ideia, nada melhor do que estar em um espaço agradável, limpo, bem iluminado e organizado. Eu particularmente A-M-O uma mesa de trabalho bem organizada (a menos que você seja daqueles acumuladores de plantão que mal sabem onde está a própria caneta hahaha).

Procurando conteúdo no Instagram e no Pinterest encontrei dezenas de imagens com ideias de ambientação e decoração para montagem de um “workspace” (ou home office). Confesso que essas imagens que selecionei me chamaram a atenção em especial por conta dos gadgets (dispositivos eletrônicos), entretanto, a referência de ambientação é bem abrangente. Confere aí!

001 002 003 004 005 006 007 008 009 010

BÔNUS

20 Ideias criativas de espaço de trabalho (vídeo em inglês)

E aí, gostaram? Se tiver alguma outra ideia ou imagem, manda aqui nos comentários \o/

Alguns esclarecimentos importantes:

1. O casamento gay é facultativo. Ninguém no Brasil é obrigado a casar com um gay. Se você não é gay, a lei não lhe diz respeito.

2. O Beijo gay é o mesmo que qualquer Beijo. Ser gay é uma característica de pessoas, não de Beijos. Não existe Beijo negro ou Beijo gordo. Ah, e também é facultativo. Ninguém é obrigado a beijar alguém do mesmo sexo. Ufa! Podem dormir tranquilos.

3. A adoção de crianças por casais gays é quando um casal gay adota uma criança de um orfanato, não uma criança da sua casa. Se você não é gay e não é uma criança num orfanato, essa lei não lhe diz respeito.

4. A Globo é só uma emissora dentre muitas. Eu, por exemplo, prefiro assistir vídeos no Youtube e séries na Netflix. Ninguém no Brasil é obrigado a assistir a Novela das 9. Se assiste, é porque quer ver. Então veja.

5. Todos os programas no Brasil têm classificação indicativa. Nenhuma novela é aconselhável pra crianças de 6 ou 7 anos. Então se você estiver preocupado com seu filho ver Beijo de novela das 9, então a Globo não é o seu maior problema. Vá ler o Estatuto da criança e do adolescente.

6. Se você é cristão, saia do Levítico e do Deuteronômio e vá ler o Sermão da Montanha e aprender o que é tolerância.

Parafraseando a Pitty:

Entendam isso!

via GIPHY

Conheça os cuidados por trás dos ensaios newborn

609eba2b178cd75c218832f8c288d0f7

E aí, turma! Tudo bem com vocês!?

É quase certeza que você já ficou morrendo de amores ao ver imagens de um ensaio ‘newborn’ na web. Este tipo de fotografia é produzida com bebês recém-nascidos (daí a origem do termo ‘newborn’). No entanto, para chegar ao melhor resultado possível, este tipo de trabalho requer diversos cuidados e técnicas específicas. Confira!

Como funcionam

(Informações extraídas da Revista Crescer)

 

[PAPO SÉRIO] Vida de Gado

01

Ontem na volta para casa essa cena me chamou a atenção. Na verdade é uma cena bem costumeira ver as pessoas amontoadas no transporte coletivo, sempre indo e vindo da rotina diária de trabalho. Pelo padrão das pessoas que ali estavam, não foi muito difícil fazer uma série de reflexões sobre a qualidade de vida que levamos atualmente.

Ninguém precisa ser bombardeado pelos noticiários para ter noção de que a vida do brasileiro não anda nada fácil (e nunca andou). Confesso que pela expressão de cansaço que pude ver na rosto dessas pessoas a única coisa que me veio a mente foi a tal reforma previdenciária que estão tentando nos empurrar garganta abaixo. Me questionei com que condições essas pessoas (e eu me incluo nelas) trabalharão até os 65 anos de idade para se aposentar.

Pensei também que estamos em ano eleitoral, e que nenhuma dessas figuras asquerosas que aparecerá pedindo voto estava ali naquele micro-ônibus, experimentando os dilemas de ser um trabalhador brasileiro. Aliás, que a gente possa levar em consideração esses pequenos dramas diários e fazer uma retrospectiva do cenário político brasileiro dos últimos anos para saber se posicionar nas urnas. Não confiem em sorrisos falsos e aperto de mão, muito menos em quem nunca andou de ônibus ou não enfrenta fila de hospital, mas que ainda assim promete um paraíso na terra em troca do seu voto.

IMG_20180221_174256941_LL

02

[Carnaval 2018] Olinda, quero cantar…

E aí, turma! Tudo bem com vocês?

Não tenho como não concordar que o carnaval é uma das datas comemorativas mais incríveis do nosso calendário. Tô mentindo? Tive a grata satisfação de poder celebrar em Recife (PE), esta que é a maior das festas populares do nosso país. Melhor que estar junto a um grupo de amigos é ver o quanto o pernambucano respira a cultura popular de seu estado.
Só quem já subiu as ladeiras de Olinda durante esta época é capaz de sentir entender o que estou dizendo. Aliás, é tão maravilhoso que num piscar de olhos já acabou, que venha 2019!

PicsArt_02-16-11.24.10 PicsArt_02-16-11.25.48 PicsArt_02-16-11.28.20

IMG_20180211_193932_628 IMG_20180212_093113_371 IMG_20180213_104156_624

Do começo ao fim…

E aí, turma! Tudo bem com vocês?
Demorei tanto a produzir esse texto que nem sei se ainda valeria a pena. Mas, por ser algo tão relevante na minha história não poderia passar em branco. Final do ano passado consegui concluir minha graduação em jornalismo. Foi a materialização de um sonho, longos anos de incontáveis trabalhos, provas, entrevistas, disciplinas, trabalhos… ufa!

Por uma séries de motivos pessoais optei por estudar em uma faculdade particular, optei também por não utilizar nenhum tipo de financiamento governamental. Fechei os olhos, e fui… com a coragem de quem sabia que a estrada seria longa (e realmente foi), mas com a determinação de quem sempre soube que uma grande conquista só é merecida por quem vai atrás dela.

Não me arrependi em momento nenhum em abraçar a comunicação social como profissão e como algo que já preenche minha vida há alguns anos. Aprendi muito durante todos esses anos, e como mencionei nos agradecimentos do meu TCC, a escolha do curso possibilitou que eu me transformasse não apenas num profissional mais empático, com dezenas de conhecimentos adquiridos nas mais diferentes áreas.

O melhor de tudo é saber que a vivência do jornalismo no ambiente acadêmico somado à convivência com professores e amigos que quem me relacionei neste tempo me tornou uma pessoa muito mais desconstruída e pronta para se relacionar com os mais diferentes grupos sociais sem grandes conflitos. Ao final de tudo isto uma das conclusões que cheguei é que talvez não tivesse me realizado ao escolher outro curso que não fosse este. Mas esta é apenas a primeira porta aberta na minha história profissional, muitas outras estão por vir e eu com certeza me sinto pronto e preparado para novas experiências e novos desafios. Avante!

198017_10151196076207426_1162409822_n

313279_10150303783852426_377018682_n

555282_10150891283802426_1479477028_n

_DSC3987 _DSC4062

_DSC4066

27067208_10155423228317426_8928390328897043087_n

WhatsApp Image 2018-01-30 at 18.42.52